Inscrevam-se em nosso canal no Youtube e confiram nossas dicas de compras no Brás!

Como ser uma sacoleira de sucesso no Brás

O que é sacoleira?

Sacoleiras são vendedoras autônomas de roupas que ganham dinheiro com os lucros de suas vendas.

Nesse mercado, há diferentes perfis de pessoas, de ambos os sexos, e diversas faixas etárias e classes sociais, que serão descritos logo abaixo:

  • Homens que vendem roupas de marcas surfwear, esportivas e grifes estrangeiras para seus amigos, colegas de trabalho e todos os que os cercam em seu ambiente profissional, social e familiar;
  • Donas-de-casa que por cuidarem do lar e dos filhos em período integral, utilizam dessa atividade para complementar a renda familiar vendendo principalmente roupas baratas (para todos os sexos e idades) e lingerie para vizinhas e pessoas da própria família;
  • Mulheres independentes, que já possuem ou abandonaram uma profissão para se dedicarem às vendas. Essas sacoleiras têm como característica comercializar roupas "padrão boutique" para mulheres pertencentes à classe média alta;
  • Jovens mulheres, com perfil semelhante ao das blogueiras de moda, usam da atividade para pagar a mensalidade da faculdade, ou cobrir seus gastos pessoais com beleza, viagens e vida social. Essas mulheres tem como característica vender roupas femininas para mulheres de sua faixa etária, tirando proveito de sua própria beleza e jovialidade para divulgar suas roupas para suas milhares de seguidoras no Instagram;
  • Homens e mulheres que comercializam produtos exclusivos e/ou com preços abaixo do mercado através das redes sociais ou lojas virtuais.
As sacoleiras geralmente estão divididas em três categorias:

Vendedoras que pegam roupas para revender por consignação

São sacoleiras que trabalham com comissão pelas vendas. Essas geralmente trabalham muito, mas ganham pouco dinheiro por não investirem em mercadorias próprias. 

Geralmente essas comissões variam entre 20% e 30%, e como o fornecedor precisa de uma margem de lucro maior (por conta dos riscos) as mercadorias geralmente são um pouco caras e de qualidade inferior. Isso dificulta e muito as vendas!

Dessa forma, quem ganha dinheiro mesmo é quem fornece pra elas, pois essas comissões raramente ultrapassam um salário mínimo.


Vendedoras que vendem roupas por catálogo

Essas geralmente trabalham com encomendas dos clientes, e fazem os pedidos com o fornecedor.

A desvantagem de se trabalhar assim é que você fica restrito à um único fornecedor, e as peças são um pouco caras. Assim, se o cliente desistir da compra, a vendedora acaba tendo dificuldade para revender pra outra pessoa.

Sacoleiras que compram no atacado

Essas geralmente são as que realmente ganham dinheiro e muitas delas acabam prosperando e montando sua própria loja!

Assíduas frequentadoras das excursões para o Brás, e grupos de atacado no Facebook e WhatsApp, essas costumam ter lucros de 100% à 400% em suas vendas!

Além disso, por terem a opção de escolher onde comprar, essas costumam vender roupas com mais qualidade e variedade, sendo donas do seu próprio negócio.

Quero ser sacoleira, como começar?

Para começar a trabalhar nesse mercado, sugerimos comprar roupas no atacado para revender de fornecedores confiáveis, com roupas baratas e de qualidade.

Uma boa opção são as lojas de roupas por atacado para sacoleiras do Brás, Bom Retiro e Santa Catarina. Sugerimos que leiam nosso artigo onde falamos sobre a nossa Lista de Fornecedores 


Ser sacoleira dá dinheiro?

Isso vai depender muito de como você irá trabalhar (consignado, catálogo ou atacado). 
Conforme explicamos anteriormente, recomendamos que comprem roupas no atacado para revender. As sacoleiras que trabalham assim ganham em média de R$1.500,00 à até mais de R$10.000,00 por mês, até montar sua própria loja!


Como ser uma sacoleira bem sucedida

As sacoleiras costumam levar ao cliente exatamente aquilo que caiba em seu bolso e atenda ao seu perfil de consumo. Além disso, é importante conhecer bem seu produto para convencer que suas mercadorias apresentam um custo-benefício muito mais vantajoso que sua concorrência.

Uma boa alternativa para ter mercadorias com preços mais competitivos, sugerimos que comprem saldos de confecções no Brás pois geralmente são sobras de produção das fábricas, com preços até 40% mais baratos que dos representantes comerciais.

Além disso, é importante também ter um cadastro de todos os seus clientes, seja no caderno, no PC ou no smartphone. São necessários não apenas os dados pessoais e de contato do cliente, mas também seu perfil, classe social, tipo físico, idade e como se veste.

É interessante também estar sempre antenada com as tendências de moda pesquisando na internet em blogs especializados nesse segmento, e é claro observando nas lojas e nas ruas o que as pessoas estão vestindo.

Outra regra muito importante é a presença e engajamento nas mídias sociais, que iremos descrever com mais detalhes posteriormente.

Um outro fator muito importante é evitar calotes, vendendo apenas no cartão de crédito através do leitor de chip, que também iremos descrever posteriormente.




Dicas para Sacoleiras Iniciantes

Antes de tudo é necessário conhecimento para que não compre com os mesmos fornecedores que seus concorrentes, exclusividade significa poder em seu nicho de mercado. Procure participar de algumas excursões para o Brás, entre outros pólos têxteis, para ter uma idéia melhor dos preços praticados pelos fornecedores.


Ao participar dessas excursões, irá se deparar com algumas lojas que vendem apenas com CNPJ, mas isso não é problema! Acesse nosso artigo sobre como tirar seu CNPJ pela internet como Microempreendedor individual clicando nesse link.

Após tirar seu CNPJ, vem a parte mais complicada, que é conseguir o dinheiro pra fazer sua primeira compra, mas não precisa se preocupar! O Governo Federal disponibiliza o Programa de Microcrédito destinado aos Microempreendedores Individuais, com valores que chegam à até R$12000,00 com juros de menos de 1% ao mês! Para saber em detalhes como obter esse empréstimo, acesse nosso turorial sobre Como Iniciar Seu Próprio Negócio Sem Nenhum Dinheiro No Bolso.


Vender Roupas dá Dinheiro?

Sim, com certeza! Mas assim como qualquer trabalho, é necessário muita responsabilidade e empenho. Além disso, para trabalhar como autônomo é necessário saber vender com segurança, evitando prejuízos, como qualquer outra empresa!

A parte mais complicada pra quem atua nesse segmento é a parte da cobrança, já que estamos sujeitos à todo tipo de calote! O que sugiro por experiência própria é bem simples, fuja de calotes vendendos através de cheque, promissórias e principalmente no fiado! Não importa pra quem seja, pois com essa crise tem muita gente quebrada mantendo as aparências e as sacoleiras e vendedores autônomos acabam sendo presa fácil para eles. 


Como atrair clientes para minha loja

Não perca tempo e dinheiro pagando por anúncios locais e panfletos, a melhor forma de divulgar seu negócio é através das mídias sociais!

Criar blogs e perfis nas redes sociais pode ser uma forma de manter contato com seus clientes e mostrar-lhes as últimas novidades, de forma gratuita e eficiente. Você pode lançar promoções, criar enquetes e anunciar lançamentos. Além disso, essas páginas tornam-se meios de interação direta com os consumidores, e desta forma, você passa a conhecer melhor o perfil deles.

Além do já conhecido Facebook, que todos já estão mais que habituados à utilizar, uma mídia que vem crescendo exponencialmente, e é apontada como a principal rede social do futuro é o Instagram! Para conhecer melhor essa ferramenta e suas funções, aconselho à acessar nosso artigo sobre Como Turbinar Suas Vendas Através do Instagram.

Além disso, é necessário explorar ao máximo o WhatsApp, que é a ferramenta top do momento e tem sido o vício de muitas pessoas! Crie grupos e listas de transmissão para divulgar seus produtos e promoções! Acesse nosso artigo sobre Como Multiplicar Suas Vendas Através do WhatsApp e tenha mais informações sobre como utilizar essa excelente ferramenta.


Onde comprar roupas para revender direto da fábrica

Para maiores informações, entre em contato conosco através do WhatsApp (11) 947370003, pelo Facebook Messenger ou clicando no link abaixo:
Acesse também nossa página no Facebook e o canal no Youtube clicando nos links abaixo: