Inscrevam-se em nosso canal no Youtube e confiram nossas dicas de compras no Brás!

Mostrando postagens com marcador Dicas de Empreendedorismo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Dicas de Empreendedorismo. Mostrar todas as postagens

Como montar um outlet


onde encontrar fornecedores de grifes gringas e nacionais
Ao lojas Outlet fizeram muito sucesso por todo o país nos tempos em que o dólar estava baixo, já em tempos de crise, hoje vemos a maioria deles fechando as portas.

Muitas das que ainda sobrevivem estão sobrevivendo à pirataria (as chamadas réplicas de primeira linha), o que além de ser crime, pode fazer o lojista perder seus clientes mais exigentes devido à má qualidade das roupas.

O que fazer diante dessa crise e da alta do dólar?

Com o dólar acima dos três reais, recomenda-se comprar produtos de fornecedores de saldos de grifes nacionais, que inclusive estão em alta no mercado, com grande aceitação do público de classe média alta, e a qualidade não fica devendo nada à nenhuma marca gringa.


Onde comprar saldos multimarcas de grifes nacionais?

Para maiores informações, entre em contato conosco através do WhatsApp (11) 947370003, pelo Facebook Messenger ou clicando no link abaixo:
Acesse também nossa página no Facebook e o canal no Youtube clicando nos links abaixo:

Como divulgar minha loja?

Esqueça dos velhos panfletos! Investir nesse tipo de publicidade é literalmente jogar dinheiro no lixo (ou nas ruas). Procurar ser conhecido nas redes sociais pelos moradores de sua cidade e manter engajamento com esse público é uma maneira muito mais dinâmica, eficaz e econômica de divulgação.

Seguem abaixo alguns artigos muito interessantes sobre marketing digital, que irão lhe ajudar à "bombar na internet" e se tornar conhecido em sua cidade.

As roupas do Peru são mesmo originais?


De uns tempos para cá houve uma verdadeira onda na internet sobre cursos sobre como importar roupas de grife do Peru.

Entretanto, esses cursos são vendidos como se fossem verdadeiros sonhos. 

Porém, essas roupas não passam de meras réplicas, pois quem conhece, sabe distinguir facilmente a diferença.

 Com isso, muitos lojistas acabam sendo lesados, amargando diversos prejuízos ao comprar esse tipo de mercadoria.

Onde comprar roupas de grife originais para minha loja outlet?

Antes de comprar roupas de marcas famosas no atacado, é necessário escolher com muita responsabilidade o fornecedor, para que o crocodilo de sua pólo não se torne uma verdadeira lagartixa. 

Além disso, com a alta do dólar, está sendo muito mais viável comprar saldos de grifes nacionais. Estas acabam saindo muito mais em conta, e possuem o mesmo padrão de qualidade das importadas, e já caíram no gosto dos brasileiros há um bom tempo.

Para maiores informações, entre em contato conosco através do WhatsApp (11) 947370003, pelo Facebook Messenger ou clicando no link abaixo:
Acesse também nossa página no Facebook e o canal no Youtube clicando nos links abaixo:


Como Importar Roupas de Marca Originais

Importar Roupas para Revender

Para quem gosta de importar roupas e acessórios de grifes famosas dos Estados Unidos e Reino Unido, segue abaixo uma lista com os melhores fornecedores, que enviam para o Brasil sem precisar de endereço nos EUA. Um verdadeiro presente para os leitores do nosso blog!


Sites para Importar Roupas

Seguem abaixo alguns sites de roupas importadas originais que vendem no atacado:
A American Eagle Outfitters é uma excelente loja, muito popular entre os americanos. Seus preços são bem acessíveis e enviam para o Brasil.

Aéropostale

Muito popular entre os jovens americanos, é outra grife quem vem tomando conta das lojas e outlets de nosso país. Enviam para o Brasil, e possuem preços bem acessíveis mesmo com o elevado padrão de qualidade. Excelente custo-benefício!

GAP

Outra empresa que também envia direto para o Brasil, vem tomando conta dos outlets tupiniquins, principalmente no segmento infanto-juvenil, no qual é líder de mercado.


Abercrombie

Apreciada por jovens de todo o mundo, é outra empresa com preços acessíveis que também envia para o Brasil.

Hollister

Também envia para o Brasil, e é a grife mais popular entre os jovens de todo o mundo.

Victoria's Secret

Essa grife é símbolo do sonho de consumo das mulheres de todo o mundo. Tem como garotas propaganda as "Angels", que geralmente são algumas das top models mais badaladas do momento. Sua linha de produtos abrange desde lingeries de luxo e cosméticos, até roupas lindas que fazem a cabeça das mulheres do mundo inteiro, inclusive das brasileiras. Enviam somente roupas para o Brasil (não enviam cremes e cosméticos).


Lista de Fornecedores de Roupas de Marca no Brasil

O que poucos sabem, é que também é possível comprar no atacado roupas de marcas famosas Originais aqui no Brasil.

Para maiores informações, entre em contato conosco através do WhatsApp (11) 947370003, pelo Facebook Messenger ou clicando no link abaixo:
Acesse também nossa página no Facebook e o canal no Youtube clicando nos links abaixo:



Como ganhar dinheiro com a crise


Toda crise é sempre um período difícil, mas também um tempo de renovação, sair do comodismo, e inovar em busca de oportunidades de novos negócios.




Se pararmos pra pensar, essa crise tem sido muito mais uma crise de vergonha na cara, pois o que faltou ao nosso país não foi dinheiro, mas sim valores. Estávamos bem encaminhados para o progresso, mas nossos governantes optaram em fazer suas fortunas e deixar o país na pior, pois infelizmente somos facilmente manipulados por termos uma cultura de pouca cultura e conhecimento, e por outro lado forte influência das emissoras de TV.


Infelizmente não há nada que se possa fazer nesse momento para conter essa crise além de tentar conscientizar à todos ao nosso redor e na internet sobre a importância de disutir política e fazer uma pressão em massa à esse governo para que adotem medidas para tentar amenizar a crise e acabar com a corrupção.

Entretanto, cabe a nós usarmos o "jeitinho brasileiro" de maneira digna e construtiva para enfrentarmos esse problema de frente, pois como na própria bíblia diz, o ouro é testado pelo fogo, e dessa forma os verdadeiros empreendedores  são testados diariamente pelas crises financeiras, impostos, despesas, inadimplência, etc.

Seguem abaixo algumas dicas que poderão ser úteis para sobreviver à crise, ao reduzir custos e optar por trabalhar com produtos mais baratos, mas com qualidade, possibilitando oferecer à seus clientes produtos mais baratos, sem sacrificar a qualidade oferecida à seus clientes, nem suas margens de lucro.


Redução de despesas com taxas e juros da maquininha de cartão de crédito

As taxas e juros com terminais de venda por cartão de crédito representam uma porcentagem bastante considerável tanto no custo estrutural de sua loja, quanto na porcentagem de lucro por cada mercadoria vendida.

Por conta disso, é aconselhável abrir mão das maquininhas tradicionais, cujo aluguel e juros são altíssimos, por leitores para celulares Android. Pensando nisso, escrevi o artigo sobre qual a melhor maquininha de cartão de crédito para sua loja. Para acessar esse artigo clique aqui


Redução de despesas com publicidade e propaganda

Pode parecer um pouco absurdo essa idéia, pois marketing é sempre um investimento e faz parte da estrutura vital de uma empresa. Entretanto, nesses casos é necessário fugir dos meios convencionais de propaganda devido à seus altos custos, e focar na divulgação de seus produtos e no relacionamento com seus clientes através das mídias sociais (websites, blogs, Facebook, Instagram e WhatsApp).

Por serem gratuitos e de grande transmissão de informações, são hoje essenciais para qualquer empresa, independente de seu ramo de atividade. Seguem abaixo alguns links de artigos que escrevi sobre Marketing Digital, que com certeza serão extremamente úteis para sua empresa:

Praticar preços abaixo da concorrência mesmo tendo produtos exclusivos e de qualidade

Esse é sem dúvida o maior desafio de todo comerciante, independente de seu ramo de atividade. Para ajudar os lojistas, relacionamos abaixo alguns artigos direcionados desde às lojas de boutique e outlets, até lojas de preço único:

Consultoria gratuita para lojistas e sacoleiras

Como Montar Uma Loja de Roupas


consultoria para lojistas e sacoleiras
Você que quer iniciar ou expandir seu negócio, agora  poderá contar com nossa consultoria 100% gratuita 

Para maiores informações, entre em contato conosco através do WhatsApp (11) 947370003, pelo Facebook Messenger ou clicando no link abaixo:
Acesse também nossa página no Facebook e o canal no Youtube clicando nos links abaixo:

Precisa de informações sobre fornecedores de moda e vestuário? Tempos parceria com diversos fornecedores de todo o país que se adequam à todos os bolsos.


Ensinamos desde como tirar seu CNPJ pela internet até como obter empréstimo como MEI pelo Programa de Microcrédito do Governo Federal. Mostramos também quais os meios mais seguros de se vender, além de como montar e divulgar sua loja física e/ou virtual.



Como ser uma sacoleira de sucesso no Brás

O que é sacoleira?

Sacoleiras são vendedoras autônomas de roupas que ganham dinheiro com os lucros de suas vendas.

Nesse mercado, há diferentes perfis de pessoas, de ambos os sexos, e diversas faixas etárias e classes sociais, que serão descritos logo abaixo:

  • Homens que vendem roupas de marcas surfwear, esportivas e grifes estrangeiras para seus amigos, colegas de trabalho e todos os que os cercam em seu ambiente profissional, social e familiar;
  • Donas-de-casa que por cuidarem do lar e dos filhos em período integral, utilizam dessa atividade para complementar a renda familiar vendendo principalmente roupas baratas (para todos os sexos e idades) e lingerie para vizinhas e pessoas da própria família;
  • Mulheres independentes, que já possuem ou abandonaram uma profissão para se dedicarem às vendas. Essas sacoleiras têm como característica comercializar roupas "padrão boutique" para mulheres pertencentes à classe média alta;
  • Jovens mulheres, com perfil semelhante ao das blogueiras de moda, usam da atividade para pagar a mensalidade da faculdade, ou cobrir seus gastos pessoais com beleza, viagens e vida social. Essas mulheres tem como característica vender roupas femininas para mulheres de sua faixa etária, tirando proveito de sua própria beleza e jovialidade para divulgar suas roupas para suas milhares de seguidoras no Instagram;
  • Homens e mulheres que comercializam produtos exclusivos e/ou com preços abaixo do mercado através das redes sociais ou lojas virtuais.
As sacoleiras geralmente estão divididas em três categorias:

Vendedoras que pegam roupas para revender por consignação

São sacoleiras que trabalham com comissão pelas vendas. Essas geralmente trabalham muito, mas ganham pouco dinheiro por não investirem em mercadorias próprias. 

Geralmente essas comissões variam entre 20% e 30%, e como o fornecedor precisa de uma margem de lucro maior (por conta dos riscos) as mercadorias geralmente são um pouco caras e de qualidade inferior. Isso dificulta e muito as vendas!

Dessa forma, quem ganha dinheiro mesmo é quem fornece pra elas, pois essas comissões raramente ultrapassam um salário mínimo.


Vendedoras que vendem roupas por catálogo

Essas geralmente trabalham com encomendas dos clientes, e fazem os pedidos com o fornecedor.

A desvantagem de se trabalhar assim é que você fica restrito à um único fornecedor, e as peças são um pouco caras. Assim, se o cliente desistir da compra, a vendedora acaba tendo dificuldade para revender pra outra pessoa.

Sacoleiras que compram no atacado

Essas geralmente são as que realmente ganham dinheiro e muitas delas acabam prosperando e montando sua própria loja!

Assíduas frequentadoras das excursões para o Brás, e grupos de atacado no Facebook e WhatsApp, essas costumam ter lucros de 100% à 400% em suas vendas!

Além disso, por terem a opção de escolher onde comprar, essas costumam vender roupas com mais qualidade e variedade, sendo donas do seu próprio negócio.

Quero ser sacoleira, como começar?

Para começar a trabalhar nesse mercado, sugerimos comprar roupas no atacado para revender de fornecedores confiáveis, com roupas baratas e de qualidade.

Uma boa opção são as lojas de roupas por atacado para sacoleiras do Brás, Bom Retiro e Santa Catarina. Sugerimos que leiam nosso artigo onde falamos sobre a nossa Lista de Fornecedores 


Ser sacoleira dá dinheiro?

Isso vai depender muito de como você irá trabalhar (consignado, catálogo ou atacado). 
Conforme explicamos anteriormente, recomendamos que comprem roupas no atacado para revender. As sacoleiras que trabalham assim ganham em média de R$1.500,00 à até mais de R$10.000,00 por mês, até montar sua própria loja!


Como ser uma sacoleira bem sucedida

As sacoleiras costumam levar ao cliente exatamente aquilo que caiba em seu bolso e atenda ao seu perfil de consumo. Além disso, é importante conhecer bem seu produto para convencer que suas mercadorias apresentam um custo-benefício muito mais vantajoso que sua concorrência.

Uma boa alternativa para ter mercadorias com preços mais competitivos, sugerimos que comprem saldos de confecções no Brás pois geralmente são sobras de produção das fábricas, com preços até 40% mais baratos que dos representantes comerciais.

Além disso, é importante também ter um cadastro de todos os seus clientes, seja no caderno, no PC ou no smartphone. São necessários não apenas os dados pessoais e de contato do cliente, mas também seu perfil, classe social, tipo físico, idade e como se veste.

É interessante também estar sempre antenada com as tendências de moda pesquisando na internet em blogs especializados nesse segmento, e é claro observando nas lojas e nas ruas o que as pessoas estão vestindo.

Outra regra muito importante é a presença e engajamento nas mídias sociais, que iremos descrever com mais detalhes posteriormente.

Um outro fator muito importante é evitar calotes, vendendo apenas no cartão de crédito através do leitor de chip, que também iremos descrever posteriormente.




Dicas para Sacoleiras Iniciantes

Antes de tudo é necessário conhecimento para que não compre com os mesmos fornecedores que seus concorrentes, exclusividade significa poder em seu nicho de mercado. Procure participar de algumas excursões para o Brás, entre outros pólos têxteis, para ter uma idéia melhor dos preços praticados pelos fornecedores.


Ao participar dessas excursões, irá se deparar com algumas lojas que vendem apenas com CNPJ, mas isso não é problema! Acesse nosso artigo sobre como tirar seu CNPJ pela internet como Microempreendedor individual clicando nesse link.

Após tirar seu CNPJ, vem a parte mais complicada, que é conseguir o dinheiro pra fazer sua primeira compra, mas não precisa se preocupar! O Governo Federal disponibiliza o Programa de Microcrédito destinado aos Microempreendedores Individuais, com valores que chegam à até R$12000,00 com juros de menos de 1% ao mês! Para saber em detalhes como obter esse empréstimo, acesse nosso turorial sobre Como Iniciar Seu Próprio Negócio Sem Nenhum Dinheiro No Bolso.


Vender Roupas dá Dinheiro?

Sim, com certeza! Mas assim como qualquer trabalho, é necessário muita responsabilidade e empenho. Além disso, para trabalhar como autônomo é necessário saber vender com segurança, evitando prejuízos, como qualquer outra empresa!

A parte mais complicada pra quem atua nesse segmento é a parte da cobrança, já que estamos sujeitos à todo tipo de calote! O que sugiro por experiência própria é bem simples, fuja de calotes vendendos através de cheque, promissórias e principalmente no fiado! Não importa pra quem seja, pois com essa crise tem muita gente quebrada mantendo as aparências e as sacoleiras e vendedores autônomos acabam sendo presa fácil para eles. 


Como atrair clientes para minha loja

Não perca tempo e dinheiro pagando por anúncios locais e panfletos, a melhor forma de divulgar seu negócio é através das mídias sociais!

Criar blogs e perfis nas redes sociais pode ser uma forma de manter contato com seus clientes e mostrar-lhes as últimas novidades, de forma gratuita e eficiente. Você pode lançar promoções, criar enquetes e anunciar lançamentos. Além disso, essas páginas tornam-se meios de interação direta com os consumidores, e desta forma, você passa a conhecer melhor o perfil deles.

Além do já conhecido Facebook, que todos já estão mais que habituados à utilizar, uma mídia que vem crescendo exponencialmente, e é apontada como a principal rede social do futuro é o Instagram! Para conhecer melhor essa ferramenta e suas funções, aconselho à acessar nosso artigo sobre Como Turbinar Suas Vendas Através do Instagram.

Além disso, é necessário explorar ao máximo o WhatsApp, que é a ferramenta top do momento e tem sido o vício de muitas pessoas! Crie grupos e listas de transmissão para divulgar seus produtos e promoções! Acesse nosso artigo sobre Como Multiplicar Suas Vendas Através do WhatsApp e tenha mais informações sobre como utilizar essa excelente ferramenta.


Onde comprar roupas para revender direto da fábrica

Para maiores informações, entre em contato conosco através do WhatsApp (11) 947370003, pelo Facebook Messenger ou clicando no link abaixo:
Acesse também nossa página no Facebook e o canal no Youtube clicando nos links abaixo:

































Novas tecnologias nas vendas e atendimento ao cliente


Bom dia a todos! Gostaria de compartilhar com vocês uma matéria muito interessante que vi hoje no UOL, onde fala sobre os desafios do varejo frente aos novos recursos tecnológicos adotados pelos consumidores.

Vejo que essa "digitalização do consumo" tende à aumentar ainda mais com a desmistificação das compras pela internet, que ainda são motivo de receio por parte de muitos consumidores.

Entretanto, através da minha participação nas redes sociais e grupos no WhatsApp, tenho percebido essa mudança não apenas nos consumidores, mas também nos pequenos empreendedores que divulgam seus produtos com o intuito de receber encomendas antes de fazer seu pedido juntos aos fornecedores.


Vou deixar disponível através desse link a reportagem completa, pois tenho certeza que irão gostar! Tenham todos uma ótima segunda!

Como vender pelo WhatsApp


Com a popularização das vendas de smartphones, é crescente a migração dos usuários de programas de computadores para os mais diversos aplicativos mobile existentes hoje no mercado.

Por possuírem interface muito mais simples que as de um programa de computador, esses aplicativos têm atraído pessoas das mais diversas faixas etárias, desde crianças até idosos.

Essas mudanças têm afetado também na maneira como as pessoas se comunicam e fazem negócios, e justamente nesse nicho o What'sApp tem se destacado aliando praticidade à uma gama de opções na comunicação e compartilhamento de dados e informações.

Justamente de olho nesse mercado, milhares de pessoas e empresas têm se dedicado à adequar esses recursos aos seus negócios, buscando uma comunicação rápida, de baixíssimo custo e personalizada às necessidades e perfil de cada cliente. Além disso, essa plataforma possibilita atingir um grande grande número de pessoas, ao mesmo tempo em que obtém um engajamento muito maior que nas redes sociais.


Como vender através do What's App?


Apesar de ser algo muito simples, algumas estratégias podem ajudar a otimizar seu processo de vendas:


  • Não seja invasivo enviando mensagens sem autorização! Capriche na descrição de seus produtos e serviços em seus perfis nas redes sociais para atrair o cliente até você! Oura forma interessante de captar clientes é criando um blog com informações relevantes ao seu público alvo, que o encontrará justamente quando estiver pesquisando no Google um produto ou serviço que esteja precisando;



  • Lembre-se sempre que o What'sApp é uma ferramenta de comunicação que lhe permite estar próximo ao seu cliente em tempo integral. Se não tiver isso em mente, corre o risco de queimar seu próprio filme e o de sua empresa, além de ser bloqueado no aplicativo pelo cliente.Mantenha salvos em seu smartphone fotos e informações dos produtos e serviços para oferecer à seus clientes sempre que for requisitado ou no momento oportuno;



  • Procure sempre zelar pelo bom senso em relação aos horários em que envia as mensagens. Procure fazer isso somente nos horários comerciais, nunca no momento em que o cliente provavelmente esteja descansando ou no lazer com a família;


  • Procure participar de grupos no What'sApp cujo nicho esteja relacionado à sua atividade. Uma das melhores maneiras de encontrar grupos de vendas por exemplo, é através dos próprios grupos do Facebook que têm aderido cada vez mais à essa nova ferramenta. 


Empréstimos para sacoleiras


 Não adianta cair na ilusão de que uma excursão de compras na qual os custos de transporte e alimentação superem 10% do valor sejam facilmente repassados ao valor final do produto, e você terá seu lucro de 100% vendendo tudo rapidamente. No início é até possível, já que por estar iniciando no ramo boa parte dos clientes em sua primeira venda serão as pessoas de sua própria família e amigos próximos. Entretanto, jamais acredite que estes sustentarão suas vendas no médio e longo prazo, pois além de estarem atraídos pelas novidades que traz em suas sacolas, muitos fazem questão de comprar até mesmo como incentivo para que venda tudo rapidamente e consiga vingar como vendedor.

 Hoje em dia, o mercado de varejo está muito mais competitivo em todos os estados do país devido às vendas por atacado na internet por sites nacionais e estrangeiros. Além disso, o surgimento a cada dia de novos polos têxteis nas mais diversas regiões brasileiras aumenta ainda mais a concorrência no varejo, seja através de vendedores sacoleiros, ou de lojas físicas e virtuais. Dessa forma, é necessário ter preços e condições de pagamento competitivos, o que nem sempre é possível com um volume reduzido de mercadorias. Para estes pequenos empreendedores, o Governo Federal criou o Programa de Microcrédito.




 O que é o microcrédito? Como obter esse empréstimo?

 O Microcrédito Produtivo Orientado é um Programa criado pelo Governo Federal com o objetivo de facilitar o acesso de micros e pequenos negócios ao crédito orientado como forma de incentivo ao crescimento desses empreendimentos, à formalização de empreendimentos e à geração de trabalho e renda. Atualmente somente os bancos públicos federais concedem esse tipo de empréstimo, como o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, o Banco do Nordeste e o Banco da Amazônia.

 Já expliquei recentemente como tirar seu CNPJ como Microempreendedor Individual pela internet para ter acesso à essa linha de crédito. Agora, basta abrir sua conta corrente como Pessoa Jurídica em um desses bancos e estando com o nome sem restrições, ao preencher a previsão de faturamento durante a análise de crédito junto ao seu gerente, declare uma previsão de R$5000,00 mensais que é o limite da média mensal de faturamento para MEI. Dependendo da análise, na Caixa Econômica Federal por exemplo, é possível adquirir um microcrédito de até R$15000,00 para se pagar em até 24 meses à juros bastante inferiores aos praticados no mercado para Pessoa Física.

 Mas antes, faça um estudo detalhado do que irá comprar, analise se o produto será bem aceito por seu público alvo e seu preço caberá no bolso de seus clientes. Isso evitará que seu estoque fique parado enquanto as dívidas vão sendo cobradas mensalmente.


 Além disso, não queime todo seu capital em uma única compra, pois além da questão da segurança financeira, você terá de atender aos pedidos e encomendas de seus clientes nas compras futuras, além de que ao iniciar no ramo das vendas, encontrará cada vez mais melhores fornecedores com produtos diferenciados e que cairá no gosto de seus clientes, que sempre anseiam por novidades!

Como protestar, antecipar e executar cheques


Apesar de os cheques serem uma forma de pagamento de alto risco, ainda são uma boa forma de pagamento para aqueles clientes conhecidos há um bom tempo e de boa índole, pois em contas empresariais em alguns bancos como a Caixa Econômica Federal, é possível obter um crédito antecipado referente ao valor desse cheque desde que emitido em até 120 dias, com juros de aproximadamente 2% ao mês. Dessa forma, você pode realizar boas vendas, mesmo em períodos como os meses de agosto e setembro em que as vendas caem drasticamente, aceitando cheques pré-datados para o fim de ano, que é a época na qual as pessoas recebem seu décimo terceiro salário.

Dessa forma, é possível, por exemplo, obter recursos através das vendas de itens de coleção primavera-verão logo em seu lançamento, para realizar novas compras antecipadamente e ter uma grande quantidade de mercadorias para fazer boas vendas no fim do ano.

Entretanto, esse é um procedimento aconselhável apenas para aqueles clientes de confiança e que merecem tratamento especial, jamais aceite cheques de pessoas desconhecidas, pois por experiência própria já tive sérios problemas com isso.

Recebi um cheque sem fundo! E agora?
Ao receber um cheque sem fundo, primeiramente deve-se entrar em contato com o cliente com a maior cordialidade possível já que todos passam por imprevistos e problemas financeiros.
Procure conversar com calma e respeito, procurando se colocar no lugar dele e entender o que aconteceu, propondo a melhor condição para que o mesmo regularize o pagamento pendente.


Como ferrar um caloteiro!
Entretanto, como infelizmente nem todo cliente age de boa fé, procure entrar em contato com o mesmo por e-mail ou através de mensagens via WhatsApp, citando os dados do cheque, da conta, valor e vencimento. Isso serve como prova da autenticidade do cheque caso o cliente queira sustá-lo antes que o mesmo seja reapresentado no banco.
Procure reapresenta-lo o quanto antes, pois se cair sem fundos novamente, o cliente será incluso do CCF, que é o cadastro e emitentes de cheque sem fundos do Banco Central. Após isso, o cheque deverá ser protestado no cartório da região, onde o cliente será notificado e terá seu nome protestado e incluso no SPC Serasa.
Se mesmo assim ele não pagar, entre com uma ação de execução desse cheque no juizado especial (pequenas causas) da cidade onde mora esse infeliz. A ação é gratuita e não precisa de advogado para isso! Vale lembrar que tudo isso deve ser feito dentro do prazo de 6 meses após a data de apresentação do cheque, ou seja, não fique enrolando muito ao negociar com quem não está disposto a pagar!
A execução do cheque é simples: pague em três dias. Se não pagar, serão penhorados tantos bens quanto bastem para garantir o débito.
É opção do executado, nesses três dias, parcelar a dívida, mesmo sem a concordância do credor. Deve pagar 30% do total da dívida, à vista, e o restante será parcelado em seis parcelas iguais, corrigidas e acrescidas de juros. Se deixar de pagar qualquer delas, vencerá todo o saldo de uma só vez (claro: corrigido e com juros).
Dessa forma, ao receber cheque sem fundo ou sustado, jamais baixe o nível se desgastando ou ameaçando o devedor, pois há recursos legais próprios para quem age de má fé! Segue abaixo modelo de petição para esse tipo de ação:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA _____ VARA CÍVEL DE ___________________ - ESTADO DE ____________________


______________________________________________, (nacionalidade), (estado civil), (profissão), inscrito no RG sob o n.º ________________ e CPF sob o n. _____________________, residente e domiciliado na Rua _____________________________________, Logradouro ___________________, n. ______, Cidade _____________ - Estado ______________, CEP. ____________________, vem, com o devido respeito e acatamento, perante Vossa Excelência, nos termos do artigo 585, I do Código de Processo Civil e artigo 9 da Lei 9099/95, ajuizar
EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL
contra, ________________________________________, (nacionalidade), (estado civil), (profissão), inscrito no RG sob o n.º ________________ e CPF sob o n. _____________________, residente e domiciliado na Rua _____________________________________, Logradouro ___________________, n. ______, Cidade _____________ - Estado ______________, CEP. ____________________, pelos motivos de fato e de direito a seguir expostos:
O cheque é titulo de credito, que goza de presunção de liquidez, certeza e exigibilidade, que por estas características e força da legislação, o coloca na condição de titulo executivo extrajudicial, assim entendido pelo inciso I, do artigo 585 do Código de Processo Civil.
“Art. 585, CPC – São títulos executivos extrajudiciais”:
“I – a letra de cambio, a nota promissória, a duplicata, a debenture e cheque”.

O referido título extrajudicial (CHEQUE) foi apresentado em tempo hábil, conforme se verifica em anexo, cópia do mesmo (DOC. 02), estando em conformidade com o artigo 33 da Lei 7357\85.
Art. 33 da Lei 7.357\85 – “O cheque deve ser apresentado para pagamento, a contar do dia da emissão, no prazo de trinta (30) dias, quando emitido no luar onde houver de ser pago; e de sessenta (60) dias, quando emitido em outro luar do País ou no exterior”.

Com relação à qualidade de título executivo extrajudicial que guarda guarida a presente ação e seu prazo prescricional o referido cheque está perfeitamente em conformidade com o disposto no artigo 59 da Lei 7.357\85.
Art. 59 da Lei 7.357\85 – “Prescrevem em 6 (seis) meses, contados do termino do prazo de apresentação, a ação que o art. 47 desta Lei assegura ao portador”.

Desta forma, preservada a qualidade do titulo executivo extrajudicial, conforme em anexo (DOC. 02), e esgotadas todas as formas de acordo com o EXECUTADO, não ver outra alternativa (EXEQUENTE), senão fazer valer a força executiva que guarda o presente titulo.
O Exequente é credor do Executado da importância líquida, certa e exigível, referente o cheque n.º ____________, no valor de R$ __________________ (VALOR POR EXTENSO) o qual atualizado chega a um valor de R$ __________________ (VALOR POR EXTENSO),conforme planilha de cálculo em anexo(DOC. 03).
Resultando sempre inúteis as tentativas de recebimento amigável do EXECUTADO, não restou alternativa, senão recorrer ao Poder Judiciário, no sentido de ver o seu direito satisfeito com o pagamento pelo Executado da importância demandada.
Ante o exposto, REQUER a Vossa Excelência se digne determinar a expedição de mandado de citação, a ser cumprido pelo Senhor Oficial de Justiça, para que uma vez citado o Executado, pague em 3 dias (art.652 do CPC2) o valor R$ __________________ (VALOR POR EXTENSO), conforme planilha em anexo(DOC. 03), ou apresente bens à penhora, tantos quantos forem necessários à garantia do Juízo, ou ainda querendo, apresente Defesa, para que decorridos todos os trâmites legais do Processo da Execução, seja a presente Ação julgada procedente ao final, condenados o Executado ao pagamento na forma da lei, de todas as verbas pleiteadas.

Nesses termos,
pede deferimento.


(CIDADE/ESTADO) ______ de _________ de 20___

                                                                                      
(ASSINATURA)